Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sexoconvivio

Este Blog contém relatos de encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo.



Este Blog destina-se á publicação, sob a forma escrita, de alguns relatos baseados em encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo. É proibida a cópia e/ou reprodução total ou parcial do conteúdo do Blog sem autorização escrita do seu autor. Aconselho a que menores de idade se abstenham da leitura dos relatos aqui postados. Utilize a pesquisa deste Blog para procurar um número de telemóvel, nome, localidade, etc. de forma mais rápida. Boas leituras e deixe o seu comentário se assim o desejar.

Terça-feira, 05.11.13

919144270

Dia 20-10-2013, a nostalgia abateu-se sobre a minha pessoa e, durante a semana, fui reler alguns relatos já por mim postados. Deparei-me com o primeiro relato que fiz em Torres Vedras, a profissional do sexo chamava-se Luiza e tinha-me deixado boas impressões. Recordo-me que em Agosto tinha por lá passado para tentar uma repetição mas essa intenção não foi concretizada. O que seria feito dela? Será que ainda se mantinha por Torres? Uma rápida consulta pelos classificados do Correio da Manhã online mostrou que o seu anúncio e número de contacto ainda persistem em Torres Vedras. Apesar da distância decidi que durante o fim-de-semana iria até Torres Vedras para um repeteco com esta profissional do sexo. Curiosamente a mesma pesquisa revelou que ela já atendeu com nome de Aline. Chegado o dia verifico nos classificados do Correio da Manhã que o anúncio da Luiza: Bela mulher sexy gulosa desinibida comp.c/ brinquedo 20rosas, 919144270 está publicado. Chego a Torres Vedras a meio da tarde e de imediato telefono apenas para saber se ainda se mantém no mesmo local bem como a sua disponibilidade imediata. Utilizar este contacto apenas para obter estas informações quase que me apanhava desprevenido na hora de fazer contas. A resposta foi que estava no mesmo apartamento e foi combinado um encontro para dali a ameia hora. Pelo som que vem pelo telemóvel depreendo que se ela encontrava na rua. Rodei pela cidade para fazer tempo e a conhecer um pouco. À hora combinada estaciono perto da entrada do prédio situado na Rua Doutor Júlio César Lucas, uma rua discreta, de fácil estacionamento e gratuito. Volto a ligar e recebo a informação de que a porta do prédio seria aberta de imediato e posso seguir sem demoras para o apartamento situado no rés-do-chão.

 

Entro no apartamento e tal como da primeira vez a Luiza apresentou-se de saltos altos e um robe que foi aberto assim que se fechou a porta de entrada, por baixo existia apenas uma cuequinha e nenhum sutiã, o que pôs em evidência o seu peito que não sendo exagerado tem um bom tamanho. Cumprimentámo-nos e reparo de imediato que no relato que fiz do primeiro encontro, a altura e o peso da Luiza foram exagerados. Cerca de 1,65m de altura e um peso a rondar os 60 e alguns quilos são uma estimativa mais condizente com a realidade. O resto da sua aparência é tal como me lembrava, uma brasileira de pele branca e cabelo louro que presumo seja pintado, a sua cara já começa a apresentar algumas marcas (rugas) características da passagem do tempo o que me leva a crer que a sua idade estará acima dos 40 anos, peito firme e de bom tamanho. No pequeno apartamento pouco mudou quanto ao espaço disponível (apenas o suficiente para o atendimento), metade da sala é dividida em dois por um armário e por detrás desse móvel estava a cama onde é realizado o atendimento. Contudo, desta vez encontrei o apartamento bem iluminado e pude observar que na sala de estar/quarto de trabalho existem duas portas; uma dá para a cozinha e outra para um quarto onde vi uma cama de casal. Achei que o apartamento está com um aspeto mais arrumado, ainda assim pude ver um brinquedo sexual cor-de-rosa em cima de um armário perto da cama de trabalho e que me recordo ter visto no sensivelmente mesmo local na minha primeira ida ao apartamento. Em conversa a Luiza disse que não mora ali, ela usa aquele apartamento apenas como local de trabalho e que o brinquedo sexual é frequentemente utilizado em alguns clientes que a procuram. Fui-me lavar como geralmente faço e tal como anteriormente, encontrei a casa de banho limpa e sem cheiros, existindo produtos de higiene pessoal e toalha para nos secarmos.

 

Volto para a sala/quarto e a Luiza diz-me para ficar á vontade enquanto ela despe o robe e vai se lavar, dispo-me e vou para cima da cama. Quando ela volta vem já totalmente despida, reparei que o corpo apresenta algumas gordurinhas, bem como alguns sinais de celulite no seu rabo e coxas mas nada de exagerado. A vagina é aparada, não tem tatuagens ou piercings, a sua barriga não é saliente mas desta vez reparei que existem algumas cicatrizes além daquela que notei no primeiro encontro. Estas que agora vejo devem-se seguramente a cirurgias plásticas para colocação de implantes no peito e uma abdominoplastia (redução de barriga). Assim se explica o seu peito firme e a sua silhueta na sua idade. Enquanto isso vamos conversando mais um pouco, e escuto seus os lamentos relativamente á crise. Disse que os clientes são menos e têm pouco dinheiro, por isso geralmente querem um atendimento rápido, apenas com vaginal por ser mais barato e devido a esse facto tem feito pouco anal. Ora como eu procuro sempre convívio completo, disse-lhe que iria ter uma oportunidade de praticar um pouco. Por esta altura já o tolinhas estava a meia haste, de gabardine na mão a Luiza aproxima-se dele e coloca-a dando logo de seguida início a um oral mediano que durou até o tolinhas ficar totalmente firme. Ao ver as dimensões do tolinhas ela duvidou da sua capacidade para concretizar o convívio completo mas, relembrei que ela já o tinha feito antes e com calma também o conseguiria hoje. Sem grandes demoras passamos para vaginal onde a Luiza se colocou em posição de cowgirl, apesar de a sentir apertadinha esta posição deu-me pouca satisfação pois a Luiza pouco se mexeu. De seguida continuamos o vaginal mas desta vez mudamos para a posição de doggy style, onde levado pela bela visão do seu traseiro, eu lhe enfiei um dedo pelo esfíncter a cima e sem que houvesse qualquer objeção, ao mesmo tempo que o tolinhas entrava e saía da sua vagina. Algum tempo depois, aproveitando essa posição passamos para anal onde tal como no primeiro encontro ela teve dificuldade em concretizar, e a saliva voltou a ser o lubrificante usado. Foram necessárias várias tentativas até que o tolinhas entrasse todo. Essa dificuldade levou-a a dizer que doía mais que ter um filho e foi fazendo com que ela, partindo da posição de doggy style, se fosse deitando na cama de barriga para baixo até que por fim eu estava a bombar por cima dela com as minhas pernas uma de cada lado das suas ancas. Obviamente, o tolinhas estava num local bastante apertado e foi aos poucos que fui aumentando o ritmo, no entanto, não levou muito tempo até que o seu leitinho fosse totalmente expelido.

 

Utilizando algum papel extraído de um rolo, a Luiza retirou a gabardine ao tolinhas após o que, eu me dirigi novamente á casa de banho para me lavar. Volto para o quarto/sala de estar e enquanto me visto vamos conversando até que as dimensões do tolinhas voltaram á conversa com mais alguns elogios simpáticos por parte da Luiza mas, desta vez acabou por contar que normalmente se recusa a fazer convívio completo com “paus” acima de 20 centímetros só o fez comigo por eu ter viajado de longe para estar com ela, e já se recusou a fazer anal com um indivíduo de cor que apresentou um pau que lhe dava quase pelos joelhos e ainda não estava com tesão, o maior preservativo que ela tinha só tapava metade do pau. Adoro ouvir estas peripécias, faz-me sentir que afinal tenho equipamento de dimensões medianas. Não senti pressão para sair do apartamento, mas chegara a hora de pagar e ir embora. Como não tinha questionado valores no meu telefonema, fiz-me de desconhecedor e perguntei quanto era. Fui surpreendido com o valor de 40€ em vez dos 30 que tinha pago no primeiro encontro. A surpresa não veio do valor em si mesmo, mas antes do facto de ter aumentado o valor do convívio completo apesar de se queixar de ter menos clientes e destes terem menos dinheiro para gastar por causa da crise! Paguei o valor pedido e fui acompanhado até a porta onde nos despedimos com um até á próxima.

 

 

 

Conclusão: Foi um encontro agradável. Fisicamente a Luiza ainda tem uma aparência razoável e tal como no primeiro encontro ela pareceu-me simpática mas não fala pelos cotovelos, e teve por objetivo agradar o cliente. Na cama mostrou que é uma boa profissional pois mesmo tendo dificuldade o convívio foi completo, no entanto, poderia melhorar o seu desempenho no oral e em algumas posições utilizadas durante o convívio. No fim relato que fiz do meu primeiro encontro com a Luiza escrevi: “não fará sentido percorrer a distância entre a minha área de residência e Torres Vedras especificamente para me encontrar com ela.” Para este segundo encontro fui especificamente a Torres Vedras e este facto não se voltará a repetir. Os valores pedidos e o convívio disponibilizado, embora agradável, fazem com que seja pouco interessante uma deslocação propositada. Existem boas opções bem mais perto e um novo encontro com a Luiza só ocorrerá quando eu por outros motivos estivar a passar por perto da cidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ninor às 21:15

Tal como está escrito na primeira linha a azul no topo deste blog, o mesmo serve para publicação, sob a forma escrita, de alguns relatos baseados em encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo. Não permitirei que este blog seja uma plataforma publicitária, por isso quem quiser publicitar o que quer que seja no espaço para comentários deste blog, verá os seus intentos frustrados tão cedo quanto me for possível. Procurem outro local ou concebam o vosso próprio espaço publicitário.


1 comentário

De LUDMILA BRITO a 14.11.2013 às 15:09

O HOMEM QUE FICOU RICO POR ROUBAR A MERENDA ESCOLAR DO PAÍS

O senhor UBIRAJARA PEREIRA DE BRITO, mais conhecido como o “Demónio BIRA”, é um LADRÃO, CORRUPTO e enganador profissional. Se fez quando assumiu a Secretaria Geral do MEC, e depois como Ministro interino. Robou aos montes, era conhecido no meio político como Bira 10%. sem esse pedágio nada era liberado. Chegou a roubar US$ 130 milhões. Além de fazendas que comprava a época entre Minas e Bahia, com o sócio Governador NILTON CARDOSO, hoje Deputado Federal. Colocou o dinheiro em nome de uma das suas filhas que trabalha no Ministério da Ciência e Tecnologia: LUDMILA MARIA BATISTA DE BRITO RIBEIRO. Além desta tinha outros dois filhos que morreram, um por suicídio (Ubirajara Pereira de Brito Júnior, o Birinha Cheirador, 24 anos a época) o qual ocorreu por causa do uso de cocaina constante e depressão, o outro menor de 12 anos (Igor, Iguinho) por puro prazer em não querer chamar uma ambulância. É preciso repatriar e confiscar o que esse LADRÃO ROBOU DO PAÍS, E QUE ESTAR EM NOME DE SUAS FILHAS!
O Senhor UBIRAJARA PEREIRA DE BRITO, ou Demónio BIRA, é ainda um conhecido pedófilo e estrupador de empregadas domesticas. Conhecido pela Polícia Federal, não só do Brasil. Como investigado internacionalmente, é preciso pôr esse tipo de elemento atras das grades. Investiguem melhor a sua vida, o seu rastro, seu histórico é conhecido. Busquem a sua primeira espôsa DARICÉLIA BATISTA DE BRITO (nome de solteira Daricélia Alves Batista, que reside em Salvador). É um CRIMINOSO, profissional, corrupto e nojento estrupador, perigoso e falsario. Que estrupou a própria filha!
VISITEM O MEU SITE: http://ludmilabrito.comunidades.net/

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





Flag Counter

Visitantes Online