Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sexoconvivio

Este Blog contém relatos de encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo.



Este Blog destina-se á publicação, sob a forma escrita, de alguns relatos baseados em encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo. É proibida a cópia e/ou reprodução total ou parcial do conteúdo do Blog sem autorização escrita do seu autor. Aconselho a que menores de idade se abstenham da leitura dos relatos aqui postados. Utilize a pesquisa deste Blog para procurar um número de telemóvel, nome, localidade, etc. de forma mais rápida. Boas leituras e deixe o seu comentário se assim o desejar.

Domingo, 31.03.13

919144270

Dia 24-03-2013, neste fim de tarde domingueira viajei de volta a casa depois de um fim-de-semana fora. Horas antes, ao planear a minha viagem de regresso, decidi não acabar este fim-de-semana sem antes ir procurar mais uma cara nova na área do sexo pago. Na já habitual consulta do Correio da Manhã dou por mim a pensar… “e se além de uma cara nova, o encontro puder decorrer numa vila ou cidade onde nunca tenha estado com uma profissional do sexo?” Vejo uma minúscula lista de cinco anúncios na Cidade de Torres Vedras, sem sequer olhar para o mapa de estradas sei que esta cidade fica em caminho. Dito e feito. Logo aí ficou traçado o meu percurso e paragem a caminho até casa. Chegado a Torres, tiro do bolso a lista de anúncios desta cidade e início a minha pesquisa pelos anúncios de convívio completo. Acabei por me decidir por este: Bela mulher sexy gulosa desinibida comp.c/ brinquedo 20rosas, 919144270. No primeiro contacto atendeu uma voz simpática com sotaque brasileiro que me diz fazer um convívio normal por 20€ e completo por 30€, estando disponível até às 23h. Como estava interessado e ela disponível no imediato, recebi as indicações para chegar até ela mas, como não conhecia a cidade demorei algum tempo até chegar á Rua Dr. Júlio Cesar Lucas. Com um cemitério próximo e escolas do outro lado da rua é, sem dúvida, um local super discreto e de fácil estacionamento, pelo menos aos domingos. Chegado ao local, novo telefonema para saber o número do prédio e apartamento, por acaso estacionei mesmo em frente da porta do seu prédio e a viagem seria curta pois está num rés-do-chão. Sigo para a porta do prédio que se abre assim que me aproximo dela, pouco depois de entrar ouvi outra porta a abrir, segui nessa direção e reparei que havia uns olhos a espreitar cá para fora, entrei e tinha á minha espera uma brasileira com cerca de 1,70 m de altura, 70 e alguns quilos de peso, pele branca e cabelo louro que presumo seja pintado, a sua cara já começa a apresentar algumas marcas (rugas) características da passagem do tempo.

 

Cumprimentámo-nos, diz chamar-se Luiza e ter 39 anos de idade (acredito que sim), apresentou-se de saltos altos e um robe que foi aberto logo depois de se fechar a porta de entrada. E que bela visão se apresentou com a abertura do robe, a Luiza estava de cuequinha e sem sutiã, o que pôs em evidência o seu peito que não sendo exagerado tem um bom tamanho. Não resisti e logo ali usei as mãos para atestar a firmeza do mesmo, sem dúvida que é bem firme. Seguimos para aquilo que eu pensava ser um quarto mas, na realidade o quarto era a sala de jantar dividida em dois por um armário estando a cama por detrás dele. Notei que o apartamento é bastante pequeno e não sei se é ou não dividido com mais alguém, e embora o quarto/sala estivesse limpa e sem cheiros, organizado de forma a existir espaço suficiente para nos movimentarmos, a realidade é que o espaço reduzido fazia com que o conjunto tivesse um aspeto desarrumado com vários objetos e roupas distribuídas e empilhadas em alguns armários e num sofá. Antes de me despir pedi para ir á casa de banho e prontamente foi-me indicada a porta, entrei para a lavadela da praxe e encontrei as instalações limpas e sem cheiros, existindo rolos de papel ou toalhas para nos limparmos. Regresso para a sala/quarto e enquanto me dispo vamos conversando um pouco para preencher o tempo e quebrar um pouco o gelo. Dá-me um elogio relativamente á minha aparência pois detesta os clientes que lhe aparecem bêbados, a cheirar mal, ou com barba por fazer. Respondi que a minha aparência não é nada demais e que realmente penso ser de mau gosto quem se comporta da forma que ela me descreveu. Perguntou-me como seria o convívio eu respondi que ia querer completo. Disse-me para deixar as roupas em cima da mesa ou de uma cadeira e ir para a cama, despiu o robe e foi á casa de banho. Reparei que no seu corpo notam-se algumas gordurinhas mas nada de exagerado aliás, penso até que para a sua idade (cerca de 40 anos) até que apresenta um silhueta agradável e, já vi muito pior em mulheres muito mais novas. O seu rabo e coxas apresentam alguns sinais de celulite, a sua barriga não é saliente, também não notei tatuagens ou piercings, e a única cicatriz que vi estava numa das suas nádegas e é muito semelhante á cicatriz que a maior parte das pessoas tem no braço devido a uma determinada vacina.

 

Enquanto ela esteve ausente fui vendo Tv que se manteve sempre ligada durante o encontro, quando voltou trazia a cuequinha na mão e aí pude constatar que não é depilada mas tem o pelo bem aparado. Como eu já estava deitado, ela aproxima-se da cama já com a gabardine do tolinhas na mão, coloca-a sobre ele e inicia um oral que foi fazendo o tolinhas ganhar firmeza. Enquanto isso eu ia apalpando as mamas e alternando a introdução de dedos na vagina e ânus sem que tivesse algum tipo de reclamação ou objeção. Com o tolinhas já em sentido, ela foi dizendo que devido ao tamanho talvez não conseguisse fazer anal comigo, eu lá fui dizendo que com calma e lubrificante não ia haver problema. A Luiza continuou o oral que era mediano, passado algum tempo pedi-lhe para ver melhor para ver melhor o seu traseiro e ela colocou-se na posição perfeita para o 69. Como o cenário que se colocou diante dos meus olhos era bastante agradável e não senti cheiros, assim prosseguiu-mos nessa posição durante alguns minutos até que lhe disse para se deitar na cama para se só eu a trabalhar com a língua. Seguidamente passamos ao vaginal, e aproveitando o facto de ela já estar deitada, coloquei os seus joelhos perto do meu peito e o tolinhas foi entrando e saindo num ritmo bem lento numa vagina que me pareceu apertadinha. Mantivemos essa posição e ritmo durante largos minutos até que ela disse que queria ficar de quatro. Obviamente não me opus, e lá continuamos no vaginal por mais algum tempo mas agora na posição de doggy style ao mesmo tempo que lhe voltava a enfiar o dedo no traseiro só para que se fosse descontraindo para o final que se adivinhava. Apesar de anteriormente a Luiza ter expressado algum receio de não conseguir fazer o convívio completo devido ao tamanho do tolinhas foi, ainda assim, dela que partiu a iniciativa para começarmos o anal na posição de doggy style pedindo-me no entanto que fosse com calma. Ela lubricou-se utilizando a sua saliva para tal, eu dirigi o tolinhas para o local que fui tentando penetrar sendo contudo, difícil atingir esse objetivo uma vez que a entrada estava apertada. Foram necessárias várias tentativas devidamente intercaladas por nova lubrificação, utilizando o lubrificante anteriormente descrito, para que se atingisse a penetração total e mais uma vez num ritmo lento o tolinhas foi entrando e saindo. Passado algum tempo neste movimento de vai-e-vem num ritmo lento ela diz-me para andar um pouco mais depressa pois ia ser difícil de aguentar muito mais tempo. Sem grandes problemas acelerei o ritmo e durante mais alguns minutos a Luiza aguentou até que o tolinhas fez a entrega do seu leite na gabardine.

 

Depois disso a Luiza agarrou um rolo de papel, extraiu algum e de seguida retirou a gabardine ao tolinhas após o que, ofereceu-me algum papel para me limpar. Assim o fiz enquanto iniciávamos mais um pouco de conversa onde fiquei a conhecer algumas das peripécias ocorridas na sua vida de profissional do sexo. Enquanto me ia vestindo a Luiza, tal como outras já o fizeram antes, comentou que as dimensões do tolinhas são suficientes para entrar em filmes porno. Infelizmente, para mim isso não é opção porque sexo com público simplesmente não funciona. Tanto nesta conversa como durante o convívio a Luiza pareceu-me simpática mas não fala pelos cotovelos, e sem dúvida que teve por objetivo agradar o cliente. Não senti controlo de tempo, paguei no fim sem que tenha pedido sendo logo depois acompanhado até á porta, com ela a manifestar o desejo de que este primeiro encontro não seja ao mesmo tempo o último.

 

Conclusão: Foi um encontro agradável. Fisicamente a Luiza ainda tem uma aparência razoável e mostrou ser uma pessoa simpática tanto ao telefone como presencialmente. Na cama mostrou que é uma boa profissional pois mesmo tendo dificuldade cumpriu o combinado pelo telefone mostrando desta forma que quer satisfazer o cliente. O seu desempenho no oral pode ser melhorado mas, sem dúvida que os restantes dois pratos compensam esse facto. As instalações embora limpas têm um aspeto algo desarrumado devido ao pouco espaço que o reduzido apartamento oferece, existindo ainda assim espaço suficiente para nos movimentarmos. Uma repetição deste encontro é algo que não descarto e que poderá acontecer caso a Luiza se mantenha por Torres Vedras e eu estiver por perto. Isto porque simplesmente não fará sentido percorrer a distância entre a minha área de residência e Torres Vedras especificamente para me encontrar com ela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ninor às 13:14

Tal como está escrito na primeira linha a azul no topo deste blog, o mesmo serve para publicação, sob a forma escrita, de alguns relatos baseados em encontros de sexo pago vivenciados pelo autor do mesmo. Não permitirei que este blog seja uma plataforma publicitária, por isso quem quiser publicitar o que quer que seja no espaço para comentários deste blog, verá os seus intentos frustrados tão cedo quanto me for possível. Procurem outro local ou concebam o vosso próprio espaço publicitário.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31





Flag Counter

Visitantes Online